Está utilizando um browser incompatível.
Alguns recursos deste site podem não funcionar corretamente. Para uma melhor experiência, visualize este site no Chrome, Firefox, Safari ou Edge.

SARS-CoV-2

Informações de teste
Cabeçalho
Cabeçalho para dispositivos móveis

Tuberculose

Cenário atual

Tuberculose (TB) é a segunda principal causa de morte relacionada à doença infecciosa, atrás da COVID-19.1 Estima-se que 1/3 a 1/4 da população mundial esteja infectada com TB, com a maior carga em países de baixa e média renda e populações pobres e marginalizadas.2 O reservatório de doença latente continua a alimentar cerca de 10 milhões de casos de TB ativa – 30% dos quais não diagnosticados – e 1,5 milhões de mortes por ano.2

A oportunidade de eliminar a TB até 2030 está diante da comunidade global. Juntos, governos, ONGs, doadores e outros fizeram avanços incríveis contra a doença, mas a pandemia da COVID-19 retrocedeu em quase uma década a luta contra a TB.3 Para recuperar o progresso e impulsionar a erradicação da doença, os programas de TB precisam de diagnósticos precisos e oportunos, tratamentos eficazes e fáceis de usar, infraestrutura sólida de cuidados de saúde e parcerias inovadoras.

Resposta

Desenvolver soluções inovadoras para combater a TB está no DNA da nossa empresa. Em 2006, começamos colaborações para desenvolver um teste que poderia detectar simultaneamente Mycobacterium tuberculosis e mutações associadas à resistência à rifampicina em um fluxo de trabalho fácil de usar. Isso deu origem ao Xpert® MTB/RIF. Desde então, temos inovado continuamente para ficarmos à frente da doença e das necessidades em evolução dos pacientes.

O verdadeiro impacto vem de nossas parcerias com organizações globais, Ministérios da Saúde, cientistas líderes, comunidades afetadas e doadores para alcançar todo o potencial das soluções diagnósticas da Cepheid.

Testes moleculares rápidos como o Xpert MTB/RIF Ultra são testes diagnósticos de primeira linha recomendados pela OMS para pacientes com sinais e sintomas de TB4

15%

Redução no número de pessoas com TB que não são diagnosticadas desde a introdução do Xpert MTB/RIF em 20105

8 milhões

Número de pessoas que tiveram TB detectada com os testes de TB da Cepheid desde 2015, quando a coleta de dados começou5

2,5 vezes mais rápido

Descobriu-se que testar com Xpert faz com que os pacientes comecem o tratamento para TB 2,5 vezes mais rápido do que os métodos de diagnóstico tradicionais6

Histórias de campo

Soluções

Os testes da Cepheid, juntamente com seus sistemas de instrumentos de diagnóstico, são projetados para permitir diagnóstico fácil e rápido de TB e detecção de resistência a medicamentos para reduzir barreiras ao diagnóstico para todos em qualquer local, mesmo em ambientes comunitários remotos.

 

Xpert MTB/RIF Ultra

Xpert MTB/XDR

Compatibilidade do sistema

GeneXpert®-II, IV, XVI; GeneXpert® Infinity-48 e -80; GeneXpert® Edge

GeneXpert-II, IV, XVI

Requisito operacional

6 ou 10 cores

10 cores

Status regulatório e da OMS

Marcação CE

Endossado pela OMS

Marcação CE

Endossado pela OMS

Prazo de validade

18 meses

18 meses

Preço para clientes elegíveis para o Programa de Acesso Global

ENCONTRE o site

ENCONTRE o site

Mais informações

Xpert MTB/RIF Ultra página do produto

Xpert MTB/XDR página do produto

Em caso de dúvidas, entre em contato com o executivo de vendas ou com a equipe de suporte técnico local da Cepheid no seu respectivo país. Consulte os detalhes completos de preços e elegibilidade aqui.

Página inicial do Acesso Global

Saiba mais

CE-IVD. Dispositivo médico de diagnóstico in vitro. Pode não estar disponível em todos os países. Indisponível nos Estados Unidos.

IVD. Dispositivo médico de diagnóstico in vitro. Pode não estar disponível em todos os países

1. NPR. Before COVID, TB was the world’s worst pathogen. It’s still a ‘monster’ killer. 13 de fevereiro de 2022. Acessado em junho de 2022. https://www.npr.org/sections/goatsandsoda/2022/13/2/1079505737/before-covid-tb-was-the-worlds-worst-pathogen-its-still-a-monster-killer

2. OMS. 10 facts on tuberculosis. 12 de outubro de 2021. Acessado em junho de 2022. https://www.who.int/news-room/facts-in-pictures/detail/tuberculosis13/2/1079505737/before-covid-tb-was-the-worlds-worst-pathogen-its-still-a-monster-killer

3.  WHO. Tuberculosis deaths rise for the first time in more than a decade due to the COVID-19 pandemic. 14 de outubro de 2021. Acessado em junho de 2022. https://www.who.int/news/item/14-10-2021-tuberculosis-deaths-rise-for-the-first-time-in-more-than-a-decade-due-to-the-covid-19-pandemic13/2/1079505737/before-covid-tb-was-the-worlds-worst-pathogen-its-still-a-monster-killer

4.  WHO. WHO consolidated guidelines on tuberculosis, Module 3: Diagnosis, Rapid diagnostics for tuberculosis detection. 2021. https://www.who.int/publications/i/item/9789240029415

5.  WHO. Global Tuberculosis Programme. Acessado em junho de 2022. https://www.who.int/teams/global-tuberculosis-programme/data13/2/1079505737/before-covid-tb-was-the-worlds-worst-pathogen-its-still-a-monster-killer

6.  Kwak N, et al. Exatidão diagnóstica e tempo de resposta do ensaio Xpert MTB/RIF na prática clínica de rotina. PLoS One, 2013; 8(10): e77456.

Voltar ao topo
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink