Está a utilizar um navegador não suportado.
Algumas funcionalidades deste site podem não funcionar corretamente. Para optimizar a sua experiência, visualize este site no Chrome, Firefox, Safari ou Edge.

SARS-CoV-2

Informação sobre o teste

A RAM leva a internamentos hospitalares mais prolongados, ao aumento da mortalidade e a custos médicos mais elevados

2,5 Milhões
Dias suplementares de internamento hospitalar por ano na União Europeia (UE)4

Milhões1,5 €
Custos dos cuidados de saúde suplementares e perdas de produtividade extra na UE por ano devido a RAM4,5

25 000
Número anual de mortes na UE causadas por RAM4,5

Melhore a gestão da utilização dos antibióticos com GeneXpert®

Quando os prestadores de cuidados de saúde conseguirem identificar rapidamente se está presente uma infeção e se esta é resistente a medicamentos, conseguiremos finalmente ir além da tentativa e erro. Os diagnósticos moleculares de execução imediata têm o potencial de o ajudar a identificar a resistência em minutos, em vez de dias. O Sistema GeneXpert®a da Cepheid ajuda quem está na linha da frente a impedir a utilização inapropriada de antimicrobianos e a preservar os antibióticos como arma no combate as infecções - agora e no futuro. Clique aqui para transferir a nossa brochura de gestão de utilização de antimicrobianos.

 

Novo plano de ação único da UE contra a resistência antimicrobiana

A Comissão Europeia (CE) adotou um novo plano de ação único contra a resistência antimicrobiana (RAM) em junho de 2017. Há três objetivos principais do plano:

  1. Tornar a UE uma região de boas práticas através de melhores evidências, coordenação e vigilância
  2. Impulsionar a investigação, o desenvolvimento e a inovação a fim de controlar a disseminação de RAM
  3. Moldar a agenda global de RAM e os riscos relacionados

A CE reconhece que os diagnósticos são cruciais para distinguir as infeções bacterianas e virais e identificar a RAM, para que o tratamento mais apropriado possa ser administrado atempadamente. Assim, a CE declarou que irá:

  • Apoiar a investigação para o desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico, em particular com testes no terreno em seres humanos e animais para orientar os médicos e os veterinários relativamente ao uso de antimicrobianos
  • Apoiar o uso de soluções de TI no desenvolvimento de ferramentas para diagnosticar infeções no ser humano e em animais
  • Incentivar o crescimento de diagnósticos na prática médica e veterinária, por exemplo através da aquisição de inovações.

O relatório completo pode ser visto aqui.

Livros Brancos e Webinars relacionados

Ligue-se e alcance os melhores resultados

Solicitar informação
1. World Health Organization. “Resistência antimicrobiana: relatório global sobre a vigilância.” junho de 2014.

3. CDC. Antibiotic Resistance Threats in the United States, 2013. https://www.cdc.gov/drugresistance/threat-report-2013/index.html. Acedido em 12 julho de 2018.

4. ECDC. 
 Clostridium difficile infection. Acedido em nov 25 2014. http://www.ecdc.europa.eu/en/healthtopics/Healthcare-associated_infections/clostridium_difficile_infection/pages/index.aspx 

5. Gerding DN, et al. Measures to Control and Prevent Clostridium difficile Infection. Clin Infect Dis. 2008 Jan 15;46 Suppl 1:S43-9.

Referência: Comissão Europeia. Novo plano de ação único da UE contra a resistência antimicrobiana (RAM). 29 de Junho de 2017.
Voltar ao topo
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink